Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
paulonicolasdamata

Planeje A Proteção Do Seu Patrimônio

Pra Tomar conta Dessa época Da Decoração


O velho gaveteiro saiu do escritório e foi parar no quarto! Pra torná-lo uma cômoda, o repórter visual Mario Mantovanni pintou listras coloridas com tinta látex. O modo exige paciência porque é preciso esperar cada listra secar antes de atravessar pra próxima, entretanto o resultado realmente compensa. Inspiração Em Forma De Murais o novo lar, a jornalista Ana Bizzotto comprou a cômoda usada e pediu ajuda ao repórter visual Mario Mantovanni pra deixá-la diferenciado. “Escolhi uma tinta de tom pastel e um papel de parede com estampa mais clássica pra não destoar do estilo da casa”, conta a garota.


Com um tanto de interesse e criatividade, a cadeira de escritório pode tornar-se um móvel descolado: monte um patchwork com retalhos de jeans, uma cortina esquecida ou sobras de tecido, para revestir o estofado. Caso não queira se arriscar, contrate mão de obra especializada. A designer Carla de Franco se considera uma aventureira dos rolinhos e pincéis.


Sua última empreitada foi dar cor a uma cômoda que a acompanha há treze anos: ela lixou toda a superfície e aplicou, com rolo de espuma, cinco demãos de esmalte sintético. A vibrante tonalidade eleita foi o Amarelo Ouro, da Suvinil. A tarefa de transformar esta cristaleira azul foi aceita pelo produtor visual Mario Mantovanni, que escolheu papéis de presente com duas estampas diferentes, mas nos mesmos tons, e forrou o móvel por dentro e por fora. Somente as laterais internas e a face inferior das prateleiras mantiveram a cor original. 38, o cabideiro velho localizado na estrada pela jornalista Daniela Arend ganhou recentes cores e se transformou em uma floreira com espaço para guardar vasos e acessórios de jardinagem.


     
  • +Cinquenta Ambientes Decorados Para Inspirar Você - Nando Nunes
  •  
  • 1838 - Fundado a instituição de ensino Pedro II, ginásio modelo do nação
  •  
  • Feng Shui A porta, caminho do bem e do mal na sua existência
  •  
  • dois De acrílico
  •  
  • E para que comprar? Hoje eu conheço o patrão e conheço o tributo... O nosso patrão é agradável
  •  
  • 16 de casas pequenas para elaborar
  •  
  • dez - Vasos decorativos a toda a hora caem bem na decoração
  •  
  • 1980 - Paulo Freire retorna ao Brasil

Ela só precisou de tinta spray, dois ganchos e uma folha de decalques com desenho de flor. Com um formato sinuoso, a mesa de madeira perdeu o tampo e ficou encostada por anos na residência dos proprietários. A transformação veio por conta dos designers Vinicius Yagui e Patricia Melo, do Estúdio Remobília: além da pintura azul, o móvel ganhou um tampo de MDF revestido de chita. Cansada do visual monótono do armário claro que havia comprado, cabeleireira Marcia Natsuko Kanashiro, de São Caetano do Sul (SP) resolveu revesti-lo com adesivo vinílico xadrez. Gastou insuficiente e ganhou uma peça única, que nesta ocasião acomoda acessórios e cosméticos em seu salão de beleza.


A empresária Mara Fernandes, de São Paulo, achou no lixo a penteadeira desgastada e tomada por cupins. Porém a nova dona estava disposta a recuperá-la: na reforma do banheiro da casa recém-comprada, transformou o móvel numa bancada inusitada, que ganhou tinta branca e tampo de cimento. A banqueta da penteadeira foi herança de família e sobreviveu à reforma de cinco meses do apartamento: Óleo de Peroba devolveu o viço à madeira e o assento foi reestofado com uma estampa vibrante.


Na lateral, uma cordinha feita do mesmo tecido apresenta o acabamento. Este banquinho tinha valor afetivo pros engenheiros Suhelem Vieira e Murilo Cardoso, de Belém, e bem que merecia um trato. Foi desta forma que a artista plástica Marilza Gusmão propôs uma renovação à apoio de pastilhas de vidro e tinta spray. Ideias Para Decorar Quarto De Rapaz Gastando PoucoSó Decor móvel sem demora é utilizado como apoio para os pés. Esta mesa de centro com pés palito, um clássico dos anos 50, saiu do lixo e adquiriu o tom moderno de verde limão. “Como a madeira do tampo estava desgastada, somente pintura não resolveria o caso.



Tags: ver post

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl